<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

José Sócrates apresentou o telejornal da RTP e revelou que José Sócrates não controla o telejornal da RTP

28 fevereiro, 2010

Demonstrada inexistência de plano de controle da comunicação social.

José Sócrates surgiu hoje às 20 horas nos ecrãs da RTP 1 para apresentar o "Telejornal", abrindo com uma notícia exclusiva sobre a total ausência de interferência de José Sócrates naquele bloco informativo ou em qualquer outro do canal do Estado. O inesperado apresentador conduziu depois uma entrevista com o primeiro-ministro, em que ficou claro o ótimo trabalho que o mesmo tem vindo a realizar, bem como a sua extraordinária elegância e inteligência. «Não correu mal, tendo em conta que estava a entrevistar alguém tão extraordinário. Confesso que estava um pouco nervoso, mas nada que se compare com o estado do Miguel Sousa Tavares na semana passada», comentou Sócrates, já no final do noticiário, em rigoroso exclusivo para o Jornal do Fundinho.

Sócrates garante que não controla o "Telejornal" [foto E. Calhau]

O "Telejornal" de hoje incluiu ainda notícias sobre o desmantelamento de uma célula da ETA por José Sócrates, os seis presos evadidos que foram recapturados por José Sócrates, o concerto esgotado de José Sócrates no Pavilhão Atlântico, a conquista de quatro medalhas de ouro por José Sócrates nos Jogos Olímpicos de inverno e um bebé que José Sócrates ajudou a nascer. Durante os cerca de 60 minutos que durou o programa, Sócrates ainda passou por diversas vezes a emissão para o repórter da RTP na Madeira, José Sócrates, que introduziu uma emocionante reportagem sobre um homem que, sozinho, já reconstruiu 17 casas, quatro igrejas e dois centros comerciais, além de ter plantado mais de uma centena de árvores e desviado três ribeiras de volta para o seu leito. «José Sócrates é o nome deste herói anónimo», acabaria por revelar mais tarde o apresentador.
A presença de José Sócrates nas próximas edições do principal noticiário da RTP 1 está já garantida, mas é o próprio quem admite ter maiores pretensões televisivas: «Se tivesse falado comigo há uns meses, eu estava em boas condições para apresentar os telejornais dos canais todos... Mas o meu amigo que andava a tratar disso tem tido uns problemitas e agora está tudo um bocado parado». Para já, Sócrates vai apenas acumular a apresentação do "Telejornal" com as do "Só Visto!", "Praça da Alegria", "Zig Zag" e "70X7".

Etiquetas: ,

Castro Castanheira | 0 comentário(s) |

Depois do jogo pela Madeira, Sporting quer que Ronaldo faça mais partidas de solidariedade

22 fevereiro, 2010

Bettencourt diz que tragédia a sério tem sido a temporada do seu clube.

O FC Porto anunciou hoje a disponibilidade de Cristiano Ronaldo para participar num jogo organizado pelo clube para ajudar as vítimas do temporal que assolou a Madeira no sábado, mas foi o presidente do Sporting a marcar a atualidade ao pedir ao jogador madeirense para não se ficar por aí quanto às partidas de solidariedade que pode vir a disputar. «Na próxima época vamos fazer mais de 40 jogos e, depois da catástrofe que está a ser este ano, de certeza que não há ninguém que seja capaz de dizer que o Ronaldo não estava a fazer uma obra de misericórdia se jogasse por nós», explicou José Eduardo Bettencourt, em exclusivo para o Jornal do Fundinho.
O dirigente argumentou depois com uma retrospetiva dos momentos de terror vividos nos últimos tempos: «Ao olhar para nossa a temporada, a verdade é que ainda mal tinha começado a chover e já a Liga Sagres tinha desaparecido, a Taça de Portugal foi na enxurrada e a Taça da Liga perdeu-se na corrente. E tenho a impressão que na quinta-feira vem aí outro dilúvio...» Bettencourt defendeu ainda que a resposta à tragédia do Sporting em 2009/2010 não pode ficar pelas simples intenções: «Precisamos de uma resposta séria a uma desgraça sem precedentes. Precisamos de encarar os problemas de frente e reconstruir tudo aquilo que neste momento está feito em cacos e sem ponta por onde pegar... ou seja, a equipa de futebol». O líder sportinguista avançou já com algumas das ações previstas, anunciando que «a principal prioridade é arranjar dinheiro, por isso já vendemos o Izmailov, vamos trespassar o João Moutinho e rifar o Miguel Veloso para depois fazer uma quermesse para vender os produtos dele para o cabelo... e também vamos leiloar as minhas maracas».
Sobre o temporal na Madeira, por outro lado, José Eduardo Bettencourt não quis fazer nenhum comentário, garantindo apenas que «mau tempo mau tempo é o minuto 90 dos jogos do Sporting, quando eu olha para o marcador e vejo que apanhámos mais quatro ou cinco». Em sentido contrário declarou-se a Igreja Católica, que emitiu um comunicado apelando aos madeirenses para «não perderem a fé em Deus, apesar de Ele ter mandado uma tempestade que originou correntes de água que arrastaram dezenas de pessoas antes ainda de terem chegado à Madeira os jornalistas do continente».

Etiquetas:

Manuel Feijão | 0 comentário(s) |

Mário Crespo foi à Assembleia da República dizer que tem um negócio de camisolas

18 fevereiro, 2010

Crespo Azul é o nome da loja online de t-shirts com frases humorísticas sobre Sócrates que o pivot da SIC acaba de lançar.

Foi ontem que Mário Crespo mostrou na Assembleia da República, durante uma audição da Comissão de Ética, Sociedade e Cultura, uma t-shirt com a inscrição 'O Sócrates não gostou do consomé ao almoço mas eu é que levei sopa'. Mas só hoje se ficou a saber que se trata de um dos produtos da loja de camisolas de manga curta que o jornalista acaba de criar, com venda exclusiva através da Internet, que comercializará peças com frases sobre o primeiro-ministro José Sócrates. «Tive esta ideia no outro dia quando estava a entrevistar um convidado e percebi que não me tinha preparado minimamente para a conversa, como é costume. E pensei para mim: Isto era giro era se estes tipos começassem a vir com umas t-shirts com umas piadolas cheias de insinuações sobre quem são e o que fazem e as ligações que têm e tal», explicou o pivot, em exclusivo para o Jornal do Fundinho.

Mário Crespo apresenta o seu negócio de camisolas [foto E. Calhau]

O sócio maioritário da nova loja online Crespo Azul - os outros são Manuela Moura Guedes, José Manuel Fernandes e um sócio silencioso de identidade desconhecida mas de quem se diz ter uma dentadura de um branco imaculado e um irmão comunista - revelou ainda alguns dos slogans impressos nas t-shirts já disponíveis: «Temos tiradas de verdadeiro génio, como 'Sócrates, escuta... o Cavaco', 'Havia um Sócrates que sabia que nada sabia, mas o nosso sabe de tudo porque anda à escuta', 'Esta camisola foi o Sócrates que a comprou no Freeport' ou 'Quantos Sócrates são precisos para mudar uma lâmpada? Depende de quanto possas pagar por debaixo da mesa'. Temos ainda uma outra que eu acho que vai ser um sucesso, que foi ideia do Medina Carreira: 'Portugal está à beira do abismo, mas com o Sócrates vamos dar um passo em frente'». Em produção estão ainda modelos com as frases 'Tinha uma ideia espetacular para esta camisola mas o Sócrates censurou-a', 'António de Oliveira Sócrates', 'I'm with Sócrates... é por isso que tenho um adesivo na boca', 'Antes ver o "Lua Vermelha" do que ouvir um discurso do Sócrates', 'Se o Filipe é alternativo o Sócrates é honesto' e 'Se a Diana nunca meteu cunhas o Sócrates nunca disse uma mentira'.
Mário Crespo negou que a sua loja pretenda concorrer com a conhecida Cão Azul, tornada famosa pelas t-shirts com frases humorísticas sobre a atualidade e não só. «Eu não tenho intenções comerciais, eu proponho-me salvar o jornalismo em Portugal! Esse é o meu único interesse! Agora tenho de acabar esta entrevista porque vou ligar ao meu editor para saber se o meu livro sobre a mordaça que me puseram e que está nas montras de todas as livrarias do país continua a vender que nem ginjas», explicou, enquanto exibia uma camisola com a frase 'Eu tenho um livro novo e fiz-lhe publicidade em tudo quanto é televisão, rádio e jornal'.

Etiquetas: ,

Lucília Gralha | 0 comentário(s) |

Funeral da Irmã Lúcia recordado cinco anos depois

15 fevereiro, 2010

Ex-companheiras no Carmelo de Coimbra organizaram cerimónia marcada por palavras emocionadas.

Exatamente cinco anos após o funeral da Irmã Lúcia, as suas companheiras de anos no Carmelo de Coimbra recordaram a data, numa reunião marcada pela emoção. Uma das religiosas considerou que o momento era «...», palavras sentidas e compreensíveis da parte de alguém que fez um voto de silêncio. Com uma menor capacidade de articulação, mas também com muita sensibilidade, acabou por ser o cangalheiro Edmundo Tumba a resumir as sensações daquele dia de fevereiro de 2005, em exclusivo para o Jornal do Fundinho: «Havia muito nervosismo no ar, porque na altura a gripe das aves estava a atacar. Não havia ainda casos registados naquela espécie de aves, mas um pinguim morto é sempre um pinguim morto».
Tumba, proprietário da agência funerária A Morte É Bela, relembrou os contornos daquele funeral: «Foi particularmente delicado, porque milhares de pessoas quiseram prestar homenagem. Ainda que estivéssemos relativamente descansados pelo facto de todos os casos de gripe das aves se terem verificado a norte de Portugal, isto numa altura em que as aves estavam migrar de sul para norte. Ora, como depois do funeral íamos levar a Irmã Lúcia de Coimbra para Fátima, ou seja, de norte para sul...». Apesar de tudo, a concentração maciça de centenas de exemplares de uma outra espécie de aves, presença habitual neste tipo de situações, tornava a cerimónia extremamente perigosa para a saúde pública. «Lembro-me bem, eram uns passarões extremamente irritantes, que não paravam de incomodar toda e qualquer pessoa e passaram o tempo topo constantemente a cacarejar. Acho que se chamam jornalistas televisivos», recorda Tumba.
Durante a cerimónia de hoje, as companheiras da Irmã Lúcia recordaram ainda a trasladação do seu corpo para Fátima, que ocorreu dias depois, também com uma impressionante participação do povo português, em particular dos homens com saias e sotaque beirão, acompanhados de diversos sobrinhos entre os cinco e os nove anos, e das mulheres vestidas de preto e com bigodes mais farfalhudos do que o Quim Barreiros. Uma ex-companheira da vidente aproveitou a ocasião para fazer um emotivo e muito aguardado agradecimento: «...»

Etiquetas:

Arnaldo Midões | 0 comentário(s) |

Fauna marinha indignada com associação a escândalos em Portugal

11 fevereiro, 2010

Robalos e polvos são os mais insatisfeitos, mas não os únicos.

Hoje foi o dia em que se ficou a saber que uma providência cautelar não será suficiente para impedir a saída para as bancas de uma edição do jornal Sol cuja capa mostra uma foto de José Sócrates e a manchete "O Polvo". Mas também em que um movimento que junta cerca de 40 espécies de animais do mar manifestou a sua indignação pelas ligações que a comunicação social vem estabelecendo entre a sua classe e a classe política portuguesa, em resultado de diversos escândalos e polémicas que têm envolvido esta última.
José Lagareiro, porta-voz do grupo, apontou as causas do descontentamento, em exclusivo para o Jornal do Fundinho: «Só nos últimos tempos, foi o Armando Vara a implicar os robalos naquela confusão do Face Oculta e agora isto sobre os polvos, no Sol. Sentimos que estão a usar indevidamente o nosso nome para descrever situações que são verdadeiras peixeiradas!... Sem ofensa para os peixes». Apesar de um sentimento de revolta generalizado, a família dos polvos parece ser a mais desagradada. Lagareiro, ele próprio um molusco da classe Cephalopoda e da ordem Octopoda, explicou porquê: «Somos particularmente martirizados neste tipo de situações. Aquela série televisiva "La Piovra" dos anos 80 e 90 do século passado deu cabo da nossa reputação. Mas uma coisa é ser comparado à máfia italiana, outra bem mais grave é sê-lo ao Sócrates e aos seus amigos».
Este protesto da fauna marinha está já a ser comparado àquele que, em pleno auge do pato-bravismo em Portugal, no final do século XX, juntou patos, gansos e cisnes em gigantescas manifestações que mostraram que os 100 ovos que uma pata pode pôr anualmente são 100 ovos a mais.

Etiquetas: ,

Castro Castanheira | 1 comentário(s) |

Gmail dá lugar ao Google Folha Dupla Perfumado

10 fevereiro, 2010

Novo produto da Google é, no entanto, apenas a ponta do icebergue.

A Google anunciou hoje que o conhecido Gmail vai transformar-se no Google Folha Dupla Perfumado e passar a funcionar não só como rede social mas também como papel para uso sanitário e limpeza íntima após a evacuação. A gigante da Internet revelou que acrescentou à sua aplicação de correio eletrónico funcionalidades do Twitter e do Facebook, como esperado, mas também uma discreta fragrância de camomila e uma surpreendente capacidade de absorção sem perda da suavidade ao toque.

Sergey Brin apresenta o novo produto da Google [foto E. Calhau]

Sergey Brin, cofundador da empresa, explicou as virtudes da nova aposta, em exclusivo ao Jornal do Fundinho: «Será possível a partilha de sites, vídeos e fotografias, a conversação em tempo real ou o envio de mensagens e a limpeza total e aprazível das bordas do ânus». O responsável salienta ainda a vantagem de um serviço completamente integrável com as demais ofertas da companhia: «Depois de usar o Google Folha Dupla Perfumado, o utilizador poderá tirar uma fotografia desse momento usando a câmara do Google Nexus One, utilizar o Google Picasa para a editar e colocar online, partilhá-la com os seus seguidores no Google Wave, enviá-la para os seus contactos no Gmail, conversar sobre o seu aspeto no Google Talk, aceder à Internet através do Google Chrome e usá-la para ilustrar um post no seu blog do Blogger, verificar no Google Analytics se muita gente leu esse post, pesquisar no Google por publicações ou fotos semelhantes, publicar no YouTube um vídeo com o seu testemunho pessoal sobre a experiência, escrever uma crónica sobre o mesmo tema e disponibilizá-la no Google Docs e assinalar no Google Maps o local onde ainda será possível encontrar o objeto da foto. Poderá até utilizar o Google Calendar para toda a gente ficar a saber quando vai usar o Google Folha Dupla Perfumado de novo e, quem sabe, ser apanhado nessa altura por um dos nossos carros do Google Street View ou um dos nossos satélites do Google Earth». Brin fez depois uma cruz num pequeno papel onde era possível vislumbrar outros símbolos semelhantes e a frase 'Passos para a dominação mundial'.
À semelhança dos demais produtos da empresa, o Google Folha Dupla Perfumado será gratuito, mas circulam já rumores de que nos picotados do papel estará escondido um algoritmo que permitirá à Google obter informações detalhadas sobre as preferências alimentares e sexuais dos utilizadores. Embora ninguém da própria companhia o confirme, é cada vez mais comentada a hipótese do lançamento iminente dos serviços Google Tostado com Sal e Mel, Google Respira Plus com Abas e Google Sextavado com Cabeça de Esfera. Para o final de 2010, muitos garantem estar prevista a apresentação do serviço que juntará de forma definitiva todo o universo Google e modificará para sempre a existência de todos quantos com ele venham a contactar, o Google Bimby.

Etiquetas:

Lucília Gralha | 0 comentário(s) |

Excomungado o homem que descobriu perfil de Frei Hermano da Câmara no Facebook e gritou «Ó valha-me Deus»

08 fevereiro, 2010

Igreja não deverá rever posição.

Um homem de 42 anos que ontem navegava no Facebook e que, depois de descobrir que Frei Hermano da Câmara também estava naquela rede social, exclamou em voz alta «Ó valha-me Deus Nosso Senhor!» foi hoje excomungado pela Igreja Católica. O caso está a provocar polémica, mas demonstra a indisponibilidade da hierarquia religiosa para compactuar com comportamentos desviantes. A menos que seja a pedofilia. Ou o adultério. Ou a cusquice em geral.
O próprio excomungado, de seu nome Adriano da Cruz e de profissão drenador de abcessos anais, não se conforma, como contou, em exclusivo, ao Jornal do Fundinho: «Eu sou um bom católico, não mereço isto. Eu só estava à procura de perfis de miúdas bem boas, que elas parece que desapareceram todas do hi5...» Cruz afirma mesmo que o que lhe aconteceu poderia ter sucedido com qualquer um: «Se o meu amigo estivesse a ver fotos da Suzete Valentim e de repente lhe aparecesse o Frei Hermano da Câmara, gritava por Deus, pelos anjos e pela Nossa Senhora da Negra Madeixa ao Vento!»
Apesar das diversas manifestações entretanto surgidas para uma revogação da decisão, é pouco provável que tal venha a acontecer. Um comunicado do Vaticano confirma-o: «Não é admissível a invocação do nome do Senhor em vão. Ele que tivesse dito 'Ai, foda-se', como o Manzarra». A principal causa para a manutenção do castigo será tratar-se uma excomunhão ferendae sententiae e não de uma excomunhão latae sententiae, com as inerentes consequências que facilmente se depreendem das próprias designações e que por isso - e por não sabermos latim - nos abstemos de explicar.

Etiquetas:

Arnaldo Midões | 0 comentário(s) |

Ministro das Finanças apanhado a ver fotos de antecessores nus em direto na TV

05 fevereiro, 2010

Milhares usam a Internet para sair em defesa de Teixeira dos Santos.

O ministro das Finanças foi surpreendido a ver imagens de anteriores detentores da pasta nus no seu computador, enquanto era entrevistado em direto para o canal de televisão norte-americano CNN. Fernando Teixeira dos Santos estava a ser entrevistado pelo jornalista Richard Quest quando decidiu ver fotografias eróticas dos anteriores ministros Medina Carreira, Silva Lopes e Ernâni Lopes, sem reparar que a câmara estava apontada na sua direção. «Perdi-me um bocado com as perguntas do entrevistador... Quando dei por mim estava a ver aquelas imagens de ministros das Finanças do tempo em que eles tinham mesmo de saber fazer contas de somar», explicou o governante, em exclusivo para o Jornal do Fundinho.

Teixeira dos Santos em direto na CNN [foto E. Calhau]

Aparentemente, Teixeira dos Santos poderá ter sido vítima de uma brincadeira do seu antigo colega de Governo Manuel Pinho que, vendo que ele estava na televisão, lhe terá enviado um e-mail, antes de lhe dizer para se virar. No direto, foi possível ver que só após três imagens Teixeira dos Santos se apercebeu de que estava a ser filmado. O próprio confirmou: «É verdade, depois da foto do Ernâni Lopes em bikini, o Pinho meteu conversa comigo no Skype e disse-me para me virar... E foi mesmo em boa altura, porque parece que as imagens seguintes eram do Cavaco com fio dental e da Ferreira Leite completamente vestida... o que mesmo assim é assustador!»
O episódio originou entretanto uma verdadeira onda de solidariedade para com o ministro das Finanças, nas redes sociais da Internet. Só no Facebook, o grupo "Não Demitam o Teixeira dos Santos, se Não o Mandaram Embora pelas Trapalhadas com os Orçamentos do Estado Isto Também Não é Razão" já tem mais de seis milhões de fãs e o vídeo da situação disponível no YouTube foi até agora visto mais de três milhões de vezes, ultrapassando largamente o anterior recorde do Governo: o milhão de visualizações do filme que mostra José Sócrates a citar grosseiramente Fernando Pessoa para uma reportagem televisiva e em que é possível vislumbrar o auricular que lhe permitia estar simultaneamente a escutar o Presidente da República.

Etiquetas:

Eufémia Saraiva | 0 comentário(s) |

Canal do Benfica lança programa para roubar audiências ao wrestling na Sport TV

03 fevereiro, 2010

"TunelingMania" é a nova aposta da Benfica TV.

O canal de televisão do Benfica acaba de anunciar que vai passar a transmitir um programa que pretende concorrer diretamente com as transmissões de combates de wrestling levadas a cabo pela Sport TV. É um espaço dedicado à modalidade desportiva do tuneling e tem vindo a ser promovido em diversos órgãos de comunicação social e nas redes sociais de Internet nas últimas semanas, através da exibição de pequenos teasers com algumas das mais excitantes cenas de pancadaria que têm ocorrido no túnel do Estádio da Luz.
Esse é, aliás, o local de todos os combates que serão exibidos em "TunelingMania", mas os protagonistas nem sempre serão os mesmos. «Teremos os grandes nomes do tuneling, como o Cristian 'Cody Rhodes' Sapunaru, o Helton 'JTG' Arruda, o Fernando 'MVP' Reges, o Jorge 'Rey Mysterio' Fucile, o Bruno 'Mark Henry' Alves, o Cristian 'Carlito' Rodríguez e o Hulk. Mas também nomes que esperamos que venham a afirmar-se nos próximos tempos e a partir muitas pernas e muitos queixos, como o Silvestre 'Kofi Kingston' Varela, o Maicon 'Kane' Roque e o Rúben 'Santino Marella' Micael», revela, em exclusivo para o Jornal do Fundinho, o jornalista Rui Santos, que será o comentador de programa, acrescentando: «E hão de reparar que o Rui 'The Undertaker' Costa está sempre ali muito quietinho, sossegadito, sem abrir a boca. Quer dizer, só abre a boa para pedir para todos se portarem bem. Mas sempre com muita calma e de forma tranquila e bem educada. Já vos disse que o Rui 'The Undertaker' Costa está o tempo todo muito calmo e quieto?»
"TunelingMania' começará a ser exibido no próximo fim de semana, para já apenas com combates gravados, mas os responsáveis pela programação da Benfica TV esperam que seja possível, ainda durante a presente época televisiva, realizar algumas transmissões em direto. É o próprio Rui Santos quem o confirma: «O Sporting ainda tem de vir jogar à Luz esta época, seria fantástico ver em ação no túnel um Miguel 'Dolph Ziggler' Veloso ou um João 'Hornswoggle' Moutinho. Só é pena o Sá 'The Great Khali' Pinto já se ter retirado».

Etiquetas:

Lucília Gralha | 0 comentário(s) |

Ex-concorrente do "Ídolos" revela tudo: canções nunca foram «um desafio»

01 fevereiro, 2010

Grande amizade entre participantes e apreço profundo pelo júri também foram destacados.

Carlos Costa, o concorrente que na noite de ontem teve de deixar o programa de televisão "Ídolos" por ter sido o menos votado pelo público, veio agora revelar que nunca achou que as suas canções fossem «um grande desafio», como sempre comentara perante as escolhas que para ele foram sendo feitas. «E o branco dos meus dentes também não é natural: fui à mesma clínica que o Paulo Portas», confessou ainda, em exclusivo para o Jornal do Fundinho. O ex-participante no concurso da SIC adiantou também que nenhuma música o fez sentir «na sua praia», ao contrário do que foi inúmeras vezes repetido, e que o mesmo havia acontecido com os dois finalistas: «Eu nem gosto de praia, sou mais pessoa de solários... e o Filipe até foge do areal, diz que é uma coisa muito pouca alternativa. A Diana também não aprecia a praia, gosta de mais de passar o tempo na casa do marido da tia».
O jovem madeirense referiu que, porém, nem tudo era mentira no programa: «A amizade entre todos os concorrentes era enorme e bem verdadeira. Ainda hoje pensei imensas vezes nos que saíram antes, como o... aquele alto... e aquela baixita, a... assim para o gordalhufo... e aquele outro que eu considero absolutamente inesquecível, o... e pronto, nos outros todos e tal». Carlos deixou ainda uma palavra para os membros do júri, «pelo qual sempre tivemos todos muito respeito, mesmo quando diziam mal de nós e nós tínhamos de ficar ali a olhar para eles e a sorrir muito, cheios de vontade de lhes apertar o pescoço e arrancar os olhos e pegar-lhes fogo aos cabelos, mas sempre a sorrir, e mergulhar-lhes a cabeça em ácido e atar uma corda nos pés e outras nas mãos e depois puxar uma para cada lado... tudo com muito respeito».
O ex-candidato a ídolo nacional considerou, em balanço, que a sua passagem pelo "Ídolos" foi extremamente positiva. «Aprendi imenso. Sobretudo, aprendi o nome de umas valentes dezenas de terras portuguesas, à conta dos agradecimentos pacóvios que eu e a Diana fazíamos todas as semanas», explicou Carlos Costa.

Etiquetas:

Lucília Gralha | 0 comentário(s) |

    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes