<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

Jovem envolvida no mito urbano de Ricky Martin e do canito que gostava de foie gras surpreendida com homossexualidade do cantor

31 março, 2010

Porto-riquenho tem coisas tão inacreditáveis quanto ele ser gay para contar ao mundo.

A rapariga argentina que, no final dos anos 90 do século XX, se viu envolvida num rumor de que teria sido apanhada por Ricky Martin, durante a gravação de um programa televisivo, a untar com foie grãs as partes íntimas para que o seu cão as lambesse, manifestou-se hoje surpreendida com a revelação do cantor de que é homossexual. «E pensar que o vi sair do armário e ficar chocado por ver aquilo a que o Luís Freitas Lobo chamaria a minha zona entre linhas... Devia ter desconfiado», afirmou Evita Maradona, em exclusivo para o Jornal do Fundinho.
Hoje uma mulher de 24 anos, Evita aproveitou para transmitir o desejo de que o segredo agora dado a conhecer pelo artista porto-riquenho não prejudique a sua carreira: «Seria uma pena que se perdesse a noção da importância da obra do Ricky por causa de um fait divers. É preciso termos sempre presente a complexidade melódica das suas composições e a riqueza inabitual dos seus ritmos, bem como a lírica intrincada de letras de temas como “Shake Your Bon Bon”». A jovem referiu ainda que não lamenta os dias da sua adolescência passados a idolatrar um símbolo sexual que, afinal, prefere os homens. «Antes isso do que ter sido fã da Lara Li», argumentou.

Ricky Martin, o cão e o frasco de foie gras [foto E. Calhau]

Evita Maradona foi depois questionada sobre o facto de, segundo o mito urbano que a envolve, se ter suicidado e estar agora a falar com jornalistas, o que lhe motivou um comentário assertivo: «Que parte da expressão 'mito urbano' é que tu não percebeste?...» Evita preferiu, no entanto, não comentar a estranheza que provoca que o seu nome seja a junção do nome próprio de uma antiga primeira-dama da Argentina e do apelido do mais famoso futebolista daquele país, indiciando de forma notória que tudo isto é uma grande palhaçada.
Ricky Martin - em português, Ricardo Martins - assumiu publicamente ser homossexual através de uma mensagem escrita no site oficial, decisão que justificou com o facto de ter começado a escrever a sua autobiografia, que será colocada à venda em breve. Mas não ficarão por aqui as novidades relacionadas com o cantor, que revelará em 2011 ter-se convertido à cabala, após o que publicará um livro de orações, dará a conhecer em 2013 o seu desaparecido meio-irmão de origem africana, editando de seguida um DVD com um documentário do reencontro, anunciará em 2016 que tem uma doença terminal, lançando depois um livro de auto-ajuda sobre como lidar com a situação, e defenderá no ano seguinte estar curado graças a um milagre de Nossa Senhora dos Navegantes, facto que celebrará com uma ambiciosa digressão mundial de regresso aos palcos.

Etiquetas:

Lucília Gralha | 0 comentário(s) |

Pinto da Costa na RTP, Vieira na SIC, imagens dos confrontos entre ambos no túnel na TVI

29 março, 2010

Estação de Queluz prepara contra-programação também com especial de novela.

Os presidentes do FC Porto e do Benfica vão estar esta terça-feira, à mesma hora, em dois canais de televisão diferentes: Pinto da Costa é entrevistado por Judite de Sousa na RTP 1 e Luís Filipe Vieira será o convidado de Miguel Sousa Tavares na SIC. Para garantir que não perde a guerra de audiências que se adivinha, a TVI comprou já os direitos de transmissão dos confrontos que os dois dirigentes desportivos protagonizarão no túnel de acesso… isto é, no Túnel do Marquês de Pombal, que dá acesso da Av. Fontes Pereira de Melo como que vem da Av. da República depois da Av. do Brasil saindo da sede da RTP na Av. Marechal Gomes da Costa, para a Av. Eng. Duarte Pacheco seguindo pela Autoestrada da Costa do Estoril até à A5 para sair em Carnaxide/Linda-a-Velha e meter pela Av. do Forte até chegar às instalações da SIC na Estrada da Outorela.
O diretor de Informação da TVI confirmou o exclusivo, em rigoroso dito para o Jornal do Fundinho: «Fizemos uma escolha coerente com a nossa linha editorial, optando por mostrar aos nossos telespectadores imagens de violência física, enquanto os outros lhes mostram pessoas sentadas a conversar. Não é por ter saído a Manuela Moura Guedes que deixámos de ser trauliteiros. A diferença é que agora já não damos traulitada no Sócrates… quer dizer, no senhor primeiro-ministro». Júlio Magalhães acredita que o seu canal não será prejudicado por vir a transmitir as imagens do túnel em diferido, enquanto as entrevistas de Pinto da Costa e Luís Filipe Vieira serão em direto. «Não estou nada preocupado. Caramba, nós vamos mostrar pancadaria!», argumentou.
Com as duas entrevistas e o arraial de porrada a irem para o ar às 21 horas, a noite televisiva de amanhã parece não abrir espaço para mais nenhuma estação televisiva, ainda por cima se juntarmos ao conjunto a presença de Ricardo Costa, presidente da Comissão Disciplinar da Liga, na SIC Notícias, uma hora mais tarde. Mas a TVI parece não querer dar hipóteses à concorrência e, por isso, a seguir à transmissão das agressões no Túnel do Marquês, vai exibir um especial da sua nova telenovela da noite, “Mar de Paixão”. Nesse episódio, Benedita fica a saber que o projeto Vila Sereia já não será construído na praia dos pescadores, uma vez que o PEC prevê a sua suspensão. A descoberta chega através de Martinho, que tinha ligado para José Sócrates, com quem falou em código, antes de telefonar a Miguel para lhe pedir dinheiro emprestado para Rui Pedro Soares poder ir a Espanha comprar a KEV.

Etiquetas:

Lucília Gralha | 0 comentário(s) |

Partidos chegam a acordo e apresentam PEC que vai trazer crescimento e prosperidade para Portugal

25 março, 2010

Está toda a gente feliz, até o Medina Carreira.

Os partidos com assento parlamentar apresentaram e aprovaram hoje, na discussão do Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC) na Assembleia da República, uma versão conjunta daquele documento. É este o resultado de um acordo que junta PS, PSD, CDS-PP, Bloco de Esquerda, PCP e Os Verdes em torno de um conjunto de medidas consensuais que, garantem todos os economistas e comentadores políticos, lançará Portugal num caminho de crescimento económico, estabilidade social, equidade e felicidade genérica sem fim.
De acordo com Nicolau César Silva Lopes Metello, em exclusivo para o Jornal do Fundinho, «trata-se de mais uma prova do elevado sentido de estado dos partidos que formam a democracia portuguesa, que só não é surpreendente porque praticamente todos os dias surgem semelhantes demonstrações de responsabilidade, que nos deixam tranquilos quanto à qualidade dos nossos dirigentes políticos». O reputado economista e tarólogo sublinha as perspetivas profundamente otimistas que o novo PEC abre ao país: «Os tempos que aí vêm vão ser de profunda prosperidade. As estratégias apresentadas são tão seriamente ponderadas e responsáveis que não há outro caminho que não seja um crescimento acentuado da receita e um considerável emagrecimento das despesas supérfluas, que resultarão numa justiça social nunca antes vista». Nicolau César Silva Lopes Metello acrescenta ainda que «este PEC é tão bom, mas tão bom, e as suas consequências serão tão positivas, mas tão positivas, que há bocado até vi o Medina Carreira a dançar nu na rua e a gritar que o presente é radioso e que o futuro será uma maravilha».
Com as notícias que, desde que foi anunciado o acordo em torno do PEC, começaram a surgir na imprensa nacional e internacional, um clima de euforia tomou conta de Portugal. Só à conta do otimismo gerado, Américo Amorim anunciou que vai distribuir a sua riqueza pelos pobres, Joe Berardo prometeu que aprenderá a falar português, Cristiano Ronaldo manifestou o desejo de ser imediatamente transferido para o Benfica e Cavaco Silva fez as pazes com José Sócrates.

Etiquetas:

Eufémia Saraiva | 0 comentário(s) |

Gama propõe que fotógrafos no parlamento sejam substituídos por pintores de naturezas-mortas

23 março, 2010

Protesto de Lello pode levar a alterações na recolha de imagens no hemiciclo.

Depois de, no final da passada semana, o deputado socialista José Lello ter contestado a mobilidade dos fotojornalistas na Assembleia da República, Jaime Gama anunciou hoje que vai propor que aqueles sejam substituídos por pintores especializados em naturezas-mortas. «Creio que não haverá ninguém capaz de melhor captar os nossos parlamentares do que uma pessoa que faz da representação de seres inanimados a sua forma de vida», explicou o presidente do parlamento, em exclusivo para o Jornal do Fundinho.
Depois de, inicialmente, ter criticado a postura de Lello, que reclamava em particular contra a recolha de imagens do ecrã do seu computador, Gama parece agora buscar uma solução que devolva a acalmia no hemiciclo. Em particular, junto do grupo parlamentar do PS, que não gostou da forma como a sugestão daquele seu elemento foi encarada. Foi o próprio Jaime Gama a dar sinais da provável pacificação: «Falei já com o Francisco Assis e o José Sócrates e, desde que os artistas que vamos contratar desenhem sempre Magalhães em vez dos computadores reais dos deputados, tudo vai ficar bem».
Os pintores a contratar pela Assembleia da República têm já em cima da mesa uma primeira encomenda: uma réplica do famoso quadro de Claude Monet "Natureza-morta com Melão", que imortalizará o enorme melão que Manuela Ferreira Leite e José Pedro Aguiar Branco passarão a exibir assim que Pedro Passos Coelho se tornar líder do partido que eles representam no parlamento. Recorde-se que, até ao dia 2 de maio, na sede da Fundação Calouste Gulbenkian, é possível visitar a segunda exposição de naturezas-mortas realizada em Portugal. Quanto à primeira, exposta pela primeira vez em junho de 1975, continuará patente enquanto houver democracia.

Etiquetas:

Castro Castanheira | 0 comentário(s) |

Cavaco ligou a Sócrates para lhe dizer «Eu amo você»

18 março, 2010

Paz entre os dois responsáveis políticos pode estar próxima.

Cavaco Silva telefonou ontem à noite a José Sócrates apenas para lhe repetir, anonimamente, a frase «Eu amo você», tornada famosa como rubrica do programa "5 para a Meia-Noite" pelo humorista Nilton. Inicialmente surpreendido, o primeiro-ministro começou por repetir, para alguém que se encontrava junto de si, «Ó Guta, anda cá que é outra vez a tua prima com as brincadeiras dela», mas acabou por desligar abruptamente após comentar «Que coisa esquisita, parece que estou a ouvir isto em duplicado, no telefone e no auricular que uso para escutar o Cavaco». Sócrates telefonou depois a Pinto Monteiro para que ele mandasse investigar a origem da chamada, intenção que deixou cair depois de ouvir o procurador-geral da República perguntar «Então mas agora o meu amigo já quer que eu investigue mesmo as coisas?»

Cavaco preparado para ligar a Sócrates [foto E. Calhau]

Em exclusivo para o Jornal do Fundinho, o primeiro-ministro confirmou entretanto a sua perplexidade perante o telefonema: «Não estava nada à espera de nada do género. Estava convicto de que em Portugal já ninguém me podia ver à frente, quanto mais amar-me. Já nem a Fernanda...» O líder do Governo não viu a sua noite acabar, porém, sem mais uma chamada inesperada e enigmática. «Pouco tempo depois, ligaram-me para dizer «Paga o que deves»... E depois só repetiam aquilo. Foi aí que eu pensei que era tudo uma brincadeira do Nilton e telefonei logo para o Vara para ele arranjar maneira de comprar a RTP para acabar com o "5 para a Meia-Noite". Ele é que me lembrou que a RTP já era minha», conta Sócrates, acrescentando: «Passados poucos minutos voltaram a ligar-me com aquilo do «Paga o que deves», e só aí é que eu reconheci a voz do Rui Pedro Soares. Afinal ele queria apenas que eu lhe pagasse a indemnização de 600 mil Euros por sair da administração da PT».
Só hoje de manhã José Sócrates ficou a conhecer a identidade do autor da primeira chamada, após um contacto em que Cavaco Silva explicou a brincadeira e desejou que aquele pudesse ser o início do restabelecimento das relações entre ambos. Quem não gostou de saber disto foi Manuel Alegre, que desafiou já Cavaco para uma speed battle arbitrada por Luís Filipe Borges, em que o militante socialista declamará um dos seus poemas e o Presidente da República comerá uma fatia de bolo-rei com brinde.

Etiquetas:

Lucília Gralha | 0 comentário(s) |

PEC: Governo avança com privatizações sob o mote "Para ajudar basta arredondar"

12 março, 2010

Campanha apela ao tantas vezes demonstrado lado humano dos empresários portugueses.

O Governo conta arrecadar seis mil milhões de Euros com as privatizações previstas no Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC), sendo um terço desse valor proveniente da campanha "Para ajudar basta arredondar", que será lançada em simultâneo. O anúncio foi feito hoje pelo ministro das Finanças, à margem da aprovação do Orçamento do Estado na Assembleia da República.
«A ideia é muito simples: se um empresário pretender, por exemplo, comprar a parte do Estado na REN por 1,2 milhões de Euros, eu vou perguntar-lhe se quer arredondar para 1,5 milhões, para ajudar a reduzir a dívida pública», explicou Teixeira dos Santos, em exclusivo para o Jornal do Fundinho. Porém, se um investidor pretender contribuir com um maior nível de solidariedade, o valor do arredondamento fica ao seu critério, como sublinhou o ministro: «Confiamos que haverá muita gente no tecido empresarial que vai querer ajudar, porque todos sabemos que o empresariado nacional é constituído por pessoas de bem e respeitadoras dos mais básicos valores éticos e humanos... Por isso, e para demonstrar a boa vontade do Governo, se alguém quiser comprar os CTT por cinco milhões, estamos dispostos a deixar morrer à fome os velhotes das aldeias do interior que recebem as pensões pelo correio e que só dão prejuízo à empresa». O responsável pela pasta das Finanças afirmou ainda estar «convicto de que o País estará à altura do desafio que é enfrentar as consequências dessa enorme e terrível tragédia que foi a governação do PS».
Mas a campanha "Para ajudar basta arredondar" não é a única iniciativa de solidariedade prevista no PEC. O plano que será entregue em Bruxelas prevê ainda a realização de um leilão em que será possível licitar sobre os pilotos da TAP que vão fazer greve na Páscoa e dois cabazes de robalos dados por Manuel Godinho a Armando Vara porque este lhe disse onde era a sede da EDP.

Etiquetas:

Eufémia Saraiva | 0 comentário(s) |

Cavaco disponível para antecipar legislativas se método de escolha for o mesmo do Festival da Canção

07 março, 2010

Concurso da RTP ganho por canção que não foi a escolhida pelo público. Presidente da República acha que não é má ideia.

Cavaco Silva admitiu hoje que pode antecipar a data das eleições legislativas, tendo em conta a instabilidade provocada pelo alegado envolvimento do Governo num plano para controlar a comunicação social, mas apenas se o voto popular representar somente metade da fórmula de apuramento dos resultados, à semelhança do que acontece com o Festival RTP da Canção. «Estava ontem a ver o Festival com a minha Maria, quando me apercebi de que a canção que tinha tido maioria absoluta no voto do povo afinal tinha ficado no segundo lugar. E pensei para mim: Olha, isto é que era catita e evitava muitos problemas», afirmou o Presidente da República, em rigoroso exclusivo para o Jornal do Fundinho.
Recorde-se que a edição 2010 do Festival da Canção foi ganha pelo tema "Há Dias Assim" em grande parte devido à votação conjunta dos júris regionais, uma vez que a canção preferida do público, e clara vencedora no televoto dos espectadores, foi "Canta por Mim". Cavaco Silva considera que um sistema semelhante seria útil para a república portuguesa: «Sempre achei que só há duas formas de a democracia funcionar: ou se manda bater em quem não está de acordo connosco, ou se arranja um subterfúgio para isto funcionar como nós queremos. Ora, como ao Sócrates nunca lhe deu para ir fazer manifestações para a Ponte 25 de Abril...» Assim, o Presidente da República começou já a sondar diversas pessoas que possam vir a constituir o júri que, em caso de eleições antecipadas e de nova vitória do PS, tratará de emendar o erro do povo. «Tenho a certeza de que estou em condições de fazer as escolhas certas. Nunca, por uma só vez, eu cometi um erro de julgamento sobre alguém. Assim, posso anunciar que entre os jurados estarão o Dias Loureiro, o Oliveira e Costa, o Deus Pinheiro e a Leonor Beleza. E o Fernando Lima vai contar os votos», revelou.
Para já, apenas o CDS-PP optou por comentar a possibilidade equacionada por Cavaco Silva, manifestando-se contra a mesma. «Não queremos saber do voto popular para nada, mas somos completamente a favor do voto populista. A canção que ficou em segundo lugar no Festival da Canção é a clara escolha de taxistas e peixeiras, e por isso podia perfeitamente ter sido escrita pelo Paulo Portas. A única diferença era o título: em vez de "Chama por Mim", seria algo como "Expulsa o Vasily" ou "Corta o RSI"», pode ler-se num comunicado dos centristas.

Etiquetas:

Castro Castanheira | 0 comentário(s) |

Polícia inglesa estuda hipótese de Maddie não ter desaparecido mas antes multiplicado

04 março, 2010

Dezenas de avistamentos credíveis noticiados recentemente pelos jornais ingleses originaram nova linha de investigação.

Desde que a imprensa britânica começou a publicar fotografias que os pais de Madeleine McCann consideram terem sido negligenciadas em Portugal, que a polícia inglesa começou a investigar a possibilidade de a criança não ter desaparecido, mas sim multiplicado. «Os McCann dizem que houve avistamentos absolutamente credíveis na Nova Zelândia, França, Espanha, México, Mauritânia, Burkina Faso, Nepal e Butão. Eles garantem mesmo que é possível ver a menina numa fotografia tirada na Praça Vermelha em 1919, ao lado do Estaline e de um espaço vazio... E eles não iam estar a mentir, não é?», adiantou, em exclusivo para o Jornal do Fundinho, o responsável pela nova abordagem na investigação, Miguel Sousa Tavares.
As causas da possível multiplicação de Maddie são ainda desconhecidas para os agentes policiais. No entanto, a hipótese está atualmente a ser explorada como a mais provável, como explica Sousa Tavares: «Não existe nada que desacredite a teoria dos sucessivos desdobramentos corpóreos, na minha opinião. Que uns pais que são capazes de deixar os filhos sozinhos em casa e sedados, enquanto se vão embebedar a noite inteira, façam depois tudo o que podem para se safar dessa situação, isso é que me parece completamente irrealista».
Madeleine McCann desapareceu a 3 de maio de 2007, poucos dias antes de completar quatro anos, de um apartamento na Praia da Luz, no Algarve. Desde então, os pais mantêm uma campanha para tentar encontrar a filha ou pelo menos outra criança muito parecida com ela e que fale inglês, para a poderem esfregar na cara de Gonçalo Amaral.

Etiquetas: ,

Arnaldo Midões | 1 comentário(s) |

    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes