<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

Recorde com quase 2000 anos batido em Fátima

25 setembro, 2007

Derrapagem financeira no custo das obras da nova igreja é a maior de sempre na história do Catolicismo.

Prestes a ser inaugurada, a nova Igreja da Santíssima Trindade, no Santuário de Fátima, vai atingir um custo total de cerca 80 milhões de Euros, o dobro do inicialmente estimado. Esta é a maior derrapagem financeira até hoje verificada em toda a história da Igreja Católica, sendo apenas comparável, em escala, a uma outra ocorrida em 14 d.c., quando Maria convenceu José a gastar 3 Leptos numas sandálias novas para «o miúdo». A compra, no entanto, acabou por custar um total de 6 Leptos ao orçamento doméstico, obrigando até a família a vender a caixinha de mirra ofertada por Baltazar, que guardava desde o nascimento de Jesus.
O reitor do Santuário, Luciano Guerra, desvalorizou o aumento inesperado no custo da nova construção, argumentando, em exclusivo para o Jornal do Fundinho, que se tratava de «obra do Senhor... nomeadamente do senhor Armando Bagaço, que é o nosso empreiteiro». Guerra adiantou ainda que grande parte da derrapagem é justificada pela necessidade de contratar uma empresa de segurança para proteger o estaleiro durante o decurso dos trabalhos, depois de «ter aparecido para aí um maluco de barbas a dizer que ia expulsar os vendilhões do templo».

Etiquetas:

Arnaldo Midões | 0 comentário(s) |

Scolari acha que 4 jogos são demais

20 setembro, 2007

UEFA castigou seleccionador com 4 partidas de suspensão mas o brasileiro diz que só evitou uma batalha campal com contornos étnicos.

Luiz Felipe Scolari revelou, depois de conhecer o castigo aplicado pela UEFA na sequência da sua agressão a um jogador sérvio, que vai recorrer do mesmo. O treinador da equipa nacional disse mesmo que estava disposto a revelar factos desconhecidos sobre os acontecimentos, que o ilibam de qualquer responsabilidade.
Ao que o Jornal do Fundinho apurou em rigoroso exclusivo junto de fonte independente - Paulo Catarro -, Scolari defende que evitou um conflito étnico no relvado do Estádio de Alvalade no final do jogo Portugal-Sérvia. «Ele sempre disse que tinha ido defender o Quaresma, mesmo quando toda a gente reparou que, no momento da alegada agressão, o jogador nem estava por perto. Mas isso é porque ele tinha saído dali, depois de discutir com o Dragutinovic, para ir chamar os irmãos e os primos... E sabe-se como os sérvios são com a ciganada, vejam só o que aconteceu na Bósnia! Scolari só fez o trabalho da ONU, mas muito melhor!», afirmou Catarro.
O jornalista da RTP, aproveitando uma licença sem vencimento de 5 minutos para ser assessor do técnico brasileiro, revelou ainda que, apesar da intenção de recorrer da pena aplicada, Luiz Felipe Scolari acredita que o castigo não prejudicará a Selecção Nacional: «Ele estará na bancada e usará durante os jogos a linguagem gestual, algo em que é muito bom... vejam que, por exemplo, o jogador sérvio percebeu logo o que ele lhe queria dizer sem ele ter precisado de mexer os lábios».

Etiquetas:

Manuel Feijão | 0 comentário(s) |

Cresce interesse em torno das sessões do Dalai Lama em Portugal

13 setembro, 2007

Mundo aguarda com impaciência primeiras aparições públicas depois do regresso nos Video Buddhist Awards.

O Dalai Lama está em Portugal para três dias de ensinamentos budistas aguardados com enorme expectativa um pouco por todo o mundo, uma vez que esta será a primeira oportunidade para ver o líder tibetano ao vivo depois da sua decepcionante performance nos Video Buddhist Awards 2007.
Esta cerimónia, realizada no passado domingo, marcou o regresso do líder espiritual aos palcos depois de um longo afastamento, mas a sua prestação foi criticada unanimemente. Debaixo do fogo dos críticos religiosos esteve particularmente a sua forma física e movimentação em palco.

O Dalai Lama actuando nos VBA 2007 [foto E. Calhau]

O conhecido budista Richard Gere foi um dos mais duros e não se coibiu de, em exclusivo para o Jornal do Fundinho, arrasar o Dalai Lama: «Foi uma apresentação que nos envergonha. Para já, ele mais parecia um pau de virar tripas do que um líder budista! É evidente que vai ter de passar umas horas valentes no McDonald's para recuperar a forma. E depois, que coreografia era aquela, sempre a mexer-se? A única coreografia aceitável para um Dalai Lama é ficar muito quietinho, sentado em cima das pernas! E o que dizer do playback? É assim tão difícil sincronizar os lábios com o som para parecer que ele está mesmo a dizer aqueles 'Hmmmmm'?»
Gere chegou mesmo a acrescentar que lhe apeteceu «esquecer a não-violência e espetar três murros» no conhecido monge tibetano. «Já não me sentia tão envergonhado de ser budista desde o dia em que a Tina Turner se converteu», disse ainda. Mas o conhecido canastrão acrescentou que espera, no entanto, que as três sessões marcadas para os próximos dias em Portugal sirvam para apagar a má imagem.
Recorde-se que a carreira do Dalai Lama começou a entrar em declínio quando deixou de ser o mais famoso representante de uma entidade divina na Terra e essa distinção foi ocupada pelo representante do Deus católico - Bono, vocalista dos U2.

Etiquetas:

Arnaldo Midões | 0 comentário(s) |

Bin Laden aterrorizou de novo o mundo num 9-11

11 setembro, 2007

No dia em que diversas pessoas por todo o planeta recordaram os atentados de 11 de Setembro de 2001, líder da Al-Qaeda lançou mais um ataque.

Osama Bin Laden divulgou um vídeo que conseguiu causar ainda mais apreensão do que os atentados de 11 de Setembro, de que hoje se assinala o sexto aniversário. A mensagem dura cerca de 50 minutos e, diz quem a viu, aterroriza qualquer um, devido a uma notável imitação de Pacheco Pereira no programa "Quadratura do Círculo". Durante quase uma hora, Bin Laden faz um ar de enfado e repete a frase «Mas essa não é a questão essencial», sem que nunca chegue a revelar qual é afinal.
Em exclusivo para o Jornal do Fundinho, Nuno Morteiro, rastafari e especialista em temas do Médio Oriente, afirma que este vídeo «é um novo tipo de terrorismo, mais poderoso do que vinte aviões, uma vez que faz entrar em nossas casas, de forma inesperada, um Pacheco Pereira que, como fala em árabe, nos faz mais sentido do que o original».
Esta não é a primeira vez que Bin Laden faz divulgar mensagens com imitações de personalidades famosas. Antes, foram já conhecidos vídeos em que surge a copiar Chuck Norris e um dos membros da banda ZZ Top, mas a imitação que, até hoje, mais impacte tinha causado havia sido quando surgiu a imitar o vocalista dos Toranja a imitar Jorge Palma.

Etiquetas:

Pinto da Cruz | 0 comentário(s) |

Odor de cadáver lança suspeita sobre Kate McCann

06 setembro, 2007

Peluche de Maddie pode ser peça central para desvendar o mistério do desaparecimento.

Um cão inglês especialmente treinado para detectar odores de cadáver encontrou um rasto de morte na roupa de Kate, mãe de Madeleine McCann, a criança inglesa há quatro meses desaparecida no Algarve.
O mesmo odor foi encontrado no peluche da menina, que Kate não tem largado desde o início deste caso. Este comportamento, aliás, terá sido o primeiro indício que levou a Polícia Judiciária a suspeitar da mãe. Em exclusivo para o Jornal do Fundinho, o inspector Maximino Rex, que pediu para manter o anonimato, explicou que «Analisámos diversos vídeos e fotografias de Kate com o peluche na mão e desde cedo nos pareceu que o boneco estava um bocado mortiço. Foi aí que começámos a suspeitar de que ela tinha assassinado a miúda e o urso».
O atraso na chegada dos resultados dos testes laboratoriais aos vestígios encontrados no apartamento dos McCann, realizados em Inglaterra, está também relacionado com esta nova linha de investigação. «O laboratório de Birmingham é dos melhores do mundo, mas os peluches são muito difíceis de analisar, uma vez que, como se caracterizam por permanecerem sempre imóveis e calados, por vezes parece mesmo que estão mortos e depois afinal estão vivos», adiantou Rex.
O trabalho do cão que detectou os odores foi entretanto registado em vídeo e pode servir de prova num futuro julgamento. No entanto, diversos investigadores policiais duvidam da credibilidade deste tipo de ‘testemunho’. Francisco Moita Flores, conhecido marido e empregador de Filomena Gonçalves e antigo inspector da Polícia Judiciária, afirma mesmo que «eu não sou nenhum cão, mas quando fui ao apartamento também me cheirou a alguma coisa, só que pensei que isso tivesse a ver com o facto de toda esta história já cheirar mal».

Etiquetas: ,

Arnaldo Midões | 0 comentário(s) |

Portas usa YouTube e Sapo para a rentrée popular

01 setembro, 2007

Vídeos do líder do CDS-PP estão disponíveis na Internet. Partido diz que aposta nas novas tecnologias é para continuar.

Paulo Portas é o protagonista de três vídeos já online nos canais do CDS-PP no YouTube e no Sapo. Os populares tornam-se assim no primeiro partido em Portugal com canais próprios no maior operador nacional e no maior operador internacional de partilha de vídeos.
Esta é a segunda medida de grande visibilidade mediática encenada pelo CDS-PP desde o regresso de Portas à liderança, depois da acção que colocou o candidato à Câmara Municipal de Lisboa a limpar as paredes da cidade. E se Telmo Correia, devido aos péssimos resultados eleitorais, já foi contratado pelos serviços de limpeza da CML, há quem garanta que Paulo Portas só avançou para a gravação destes vídeos para tentar garantir um emprego numa loja de televisores que um tio seu tem em Aljezur, depois das próximas legislativas.
O líder popular adiantou, em rigoroso exclusivo para o Jornal do Fundinho, que há muito desejava fazer algo inovador na política portuguesa no campo das novas tecnologias, e revelou mesmo que foi ele próprio a criar os dois espaços virtuais do partido: «Há muito que eu navego na Internet... E desde que, há uns quatro anitos, tive de apagar uns sites com fotos e vídeos que eu tinha feito de uns sobrinhos meus, que tenho vindo a sentir a falta deste mundo virtual. Estes vídeos não são bem a mesma coisa, embora neles eu esteja a tentar fazer ao Sócrates o mesmo que estava a fazer aos meus sobrinhos nos tais sites».
Questionado sobre se este poderá ser o fim das campanhas com militantes empunhando bandeiras, o presidente do CDS-PP esclareceu que não. «Eu fui logo perguntar ao meu padre se fazer campanha virtual era pecado e ele disse que não, desde que não destruíssemos as bandeirinhas e os sacos de plástico, porque isso era aborto», revelou.
Paulo Portas fez ainda questão de esclarecer as declarações feitas na semana passada por João Almeida, secretário-geral do CDS-PP, que havia dito que o partido tinha estabelecido parcerias com o Google e com o Sapo. «Foram negociações muito difíceis», acrescentou Portas, «pois primeiro tivemos de carregar num link no site de cada uma das empresas e depois aquilo abriu o Outlook e eu não gosto de mandar coisas pelo Outlook, prefiro o ThunderBird, e depois lá tive de fechar um e abrir o outro para enviar os mails de registo e depois ainda esperei uns segundos até receber a confirmação e depois tive de carregar nos links outra vez...»
Entretanto, o presidente do CDS-PP não quis comentar a intenção anunciada por Ricardo Araújo Pereira de o processar. O humorista do Gato Fedorento terá afirmado que «Já vi os vídeos e é evidente para toda a gente que aquilo é uma péssima imitação de mim a imitar o Paulo Portas. E vídeos disso no YouTube é o que não falta! Qualquer dia é o Paulo Bento que se lembra de ter um canal, não?»

Etiquetas:

Castro Castanheira | 0 comentário(s) |

    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes