<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

Portas usa YouTube e Sapo para a rentrée popular

01 setembro, 2007

Vídeos do líder do CDS-PP estão disponíveis na Internet. Partido diz que aposta nas novas tecnologias é para continuar.

Paulo Portas é o protagonista de três vídeos já online nos canais do CDS-PP no YouTube e no Sapo. Os populares tornam-se assim no primeiro partido em Portugal com canais próprios no maior operador nacional e no maior operador internacional de partilha de vídeos.
Esta é a segunda medida de grande visibilidade mediática encenada pelo CDS-PP desde o regresso de Portas à liderança, depois da acção que colocou o candidato à Câmara Municipal de Lisboa a limpar as paredes da cidade. E se Telmo Correia, devido aos péssimos resultados eleitorais, já foi contratado pelos serviços de limpeza da CML, há quem garanta que Paulo Portas só avançou para a gravação destes vídeos para tentar garantir um emprego numa loja de televisores que um tio seu tem em Aljezur, depois das próximas legislativas.
O líder popular adiantou, em rigoroso exclusivo para o Jornal do Fundinho, que há muito desejava fazer algo inovador na política portuguesa no campo das novas tecnologias, e revelou mesmo que foi ele próprio a criar os dois espaços virtuais do partido: «Há muito que eu navego na Internet... E desde que, há uns quatro anitos, tive de apagar uns sites com fotos e vídeos que eu tinha feito de uns sobrinhos meus, que tenho vindo a sentir a falta deste mundo virtual. Estes vídeos não são bem a mesma coisa, embora neles eu esteja a tentar fazer ao Sócrates o mesmo que estava a fazer aos meus sobrinhos nos tais sites».
Questionado sobre se este poderá ser o fim das campanhas com militantes empunhando bandeiras, o presidente do CDS-PP esclareceu que não. «Eu fui logo perguntar ao meu padre se fazer campanha virtual era pecado e ele disse que não, desde que não destruíssemos as bandeirinhas e os sacos de plástico, porque isso era aborto», revelou.
Paulo Portas fez ainda questão de esclarecer as declarações feitas na semana passada por João Almeida, secretário-geral do CDS-PP, que havia dito que o partido tinha estabelecido parcerias com o Google e com o Sapo. «Foram negociações muito difíceis», acrescentou Portas, «pois primeiro tivemos de carregar num link no site de cada uma das empresas e depois aquilo abriu o Outlook e eu não gosto de mandar coisas pelo Outlook, prefiro o ThunderBird, e depois lá tive de fechar um e abrir o outro para enviar os mails de registo e depois ainda esperei uns segundos até receber a confirmação e depois tive de carregar nos links outra vez...»
Entretanto, o presidente do CDS-PP não quis comentar a intenção anunciada por Ricardo Araújo Pereira de o processar. O humorista do Gato Fedorento terá afirmado que «Já vi os vídeos e é evidente para toda a gente que aquilo é uma péssima imitação de mim a imitar o Paulo Portas. E vídeos disso no YouTube é o que não falta! Qualquer dia é o Paulo Bento que se lembra de ter um canal, não?»

Etiquetas:

Castro Castanheira

0 comentário(s):

Comentar


    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes