<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

Guiné Equatorial quase na CPLP: «Qué felicidad», exclamaram dez guineenses alguns minutos antes de serem fuzilados por não o terem feito com suficiente entusiasmo

11 fevereiro, 2014

Regras de adesão terão de ser cumpridas, depois de traduzidas para castelhano.

A Guiné Equatorial pode estar a poucos meses de entrar na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), depois de Portugal ter levantado as suas reservas ao pedido de adesão. A notícia foi recebida em clima de euforia nas ruas da capital Malabo, com uma dezena de equato-guineenses a deixarem o sentimento lusófono invadi-los, exclamando «Qué felicidad! Me gusta mucho estar en la CPLP!»

Obiang garante ser muito próximo da cultura portuguesa [foto E. Calhau]

Entretanto, esses mesmos dez cidadãos foram executados por um pelotão de fuzilamento, dado que as suas celebrações foram consideradas pelo regime da Guiné Equatorial como tendo decorrido sem o nível de entusiasmo que se exigia. «Es un gran dia para o nuestro país e aqueles tipos ni un foguete lançaram? Ni una caravana de coches organizaram? Ni un desfile com bandas e majorettes? Estamos muy contentos por podermos pertencer a este conjunto de países libres e democráticos, unidos por el português, e mataremos cualquier persona que no demonstre adecuadamente essa felicidad», afirmou o presidente Teodoro Obiang, em exclusivo para o Jornal do Fundinho.
Até julho, data da próxima cimeira da CPLP, existe um conjunto de mudanças que a Guiné Equatorial terá de adotar. É considerado fundamental, para pertencer a esta organização, tornar o português língua oficial e abolir a pena de morte, mas também promover práticas democráticas, estimular a justiça social e garantir os direitos fundamentais. Caso aquele país africano consiga introduzir estas alterações, poderá mesmo passar a ser o único país da CPLP, após a expulsão de todos os outros por incumprimento.

Etiquetas:

Pinto da Cruz

0 comentário(s):

Comentar


    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes