<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

FMI também queria semana de trabalho de seis dias em Portugal mas Passos disse que não fazia por menos de oito

04 setembro, 2012

«A minha austeridade é melhor do que a grega», diz o primeiro-ministro.

Depois de os representantes do Fundo Monetário Internacional (FMI), Banco Central Europeu e Comissão Europeia que acompanham a implementação do programa de ajustamento na Grécia terem sugerido o aumento da semana de trabalho de cinco para seis dias, a mesma proposta chegou à mesa das reuniões com o Governo português. Pedro Passos Coelho, no entanto, mostrou-se inflexível e deixou claro que não aceitaria aquela recomendação.

Passos contra pieguices como o salário [foto E. Calhau]

«Seis dias é para piegas. Devemos persistir, ser exigentes e não ter pena dos trabalhadores, coitadinhos, que sofrem tanto para trabalhar», reiterou o primeiro-ministro, em rigoroso exclusivo para o Jornal do Fundinho, explicando ainda que se comprometeu com uma semana de trabalho de pelo menos oito dias, por metade do ordenado e sem direito a subsídios de férias e de Natal. «Tiveram de ser os próprios tipos do FMI a agarrar-me, se não iam também as pausas para almoço e a proibição de chicotear os empregados», revelou o líder do Executivo.
Embora ainda não se conheçam os contornos exactos destas medidas, outras serão provavelmente necessárias após a avaliação da comissão tripartida de ajuda financeira. Passos Coelho, aliás, levará para as negociações um dossiê com 200 páginas que inclui propostas como permitir aos patrões acorrentar os empregados (com algemas pagas por eles próprios) e aumentar o limite das indemnizações por despedimento para 36 meses, embora estas passem a ser pagas pelos funcionários despedidos.

Etiquetas: ,

Castro Castanheira

0 comentário(s):

Comentar


    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes