<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

Francisco Sousa Tavares desceu finalmente da guarita no Carmo depois de ouvir filho Miguel dizer que não se devia festejar 25 de Abril

24 abril, 2012

Um Sousa Tavares diz ’25 de Abril sempre’, outro diz ’25 de Abril nunca’.

O conhecido advogado e resistente anti-fascista Francisco Sousa Tavares desceu ontem à noite do topo da guarita no Largo do Carmo, onde estava desde a manhã do dia 25 de abril de 1974, depois de ouvir o seu filho Miguel defender que a data deveria deixar de ser celebrada. Francisco ocupou aquela posição para incitar o povo a aderir à revolução e, apesar de ter morrido em maio de 1993, nunca mais de lá saiu, mas agora parece ter encontrado uma forte razão para o fazer, como explicou, em rigoroso exclusivo, ao Jornal do Fundinho: «Tive mesmo de descer, porque era preciso que alguém desse umas valentes palmadas no rabo do meu filho. Nunca pensei dizer isto, mas se calhar, nestes anos todos, dei-lhe liberdade a mais...»
Francisco Sousa Tavares revelou ainda que, há alguns meses, esteve muito próximo de tomar esta mesma decisão, também por causa do filho mais velho. «Quando o ouvi dizer, após a manifestação do 15 de outubro de 2011, que não é na rua que se consegue mudar o que quer que seja, deu-me logo vontade de lhe mandar um tabefe e perguntar-lhe por que raios é que ele achava que eu estava ali em cima», afirmou o antigo deputado, mostrando-se ainda arrependido por não ter tomado uma posição nessa altura: «Admito que errei, mas pensei que fosse só um assomo de rebeldia do Miguel, como aquilo de casar com uma militante do CDS... E se nem nessa altura desci da guarita...»
As polémicas declarações de Miguel Sousa Tavares surgiram como reação à decisão da Associação 25 de Abril, com a qual se solidarizaram Mário Soares e Manuel Alegre, de não participar este ano nas comemorações oficiais da ‘revolução dos cravos’. Esta tomada de posição foi criticada por alguns comentadores, que a compararam à birra que as crianças fazem quando levam uma bola de futebol para o recreio e querem mandar em tudo porque a bola é delas. A diferença, claro está, é que se não fossem os ‘capitães de abril’, quem hoje os critica não poderia sequer jogar à bola, porque poderia ter as perninhas todas partidas pela PIDE.

Etiquetas:

Castro Castanheira

0 comentário(s):

Comentar


    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes