<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

PSP diz que jornalistas devem andar devidamente identificados com nariz, sapatos e luvas de palhaço

23 março, 2012

Reação às agressões a fotojornalistas durante a Greve Geral.

Depois de ter ontem emitido um comunicado em que apelava aos jornalistas para a necessidade de se identificarem de forma clara, na sequência das agressões a dois fotojornalistas durante a manifestação da Greve Geral, a Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP) foi hoje mais precisa nas suas recomendações. «Qualquer jornalista deverá, em situações deste género e quaisquer outras que envolvam as forças policiais, identificar-se convenientemente através da utilização de nariz, sapatos e luvas de palhaço. A cabeleira não é necessária, pois isso seria parvo», pode ler-se num novo comunicado.
Quem não perdeu tempo a manifestar o seu apoio à atuação da PSP e à divulgação destes conselhos foi o ministro da Administração Interna, Miguel Macedo. «A ação dos agentes foi claramente adequada, descontando uma ou outra bastonada que podia ter sido dada com mais força, mas pronto, fica para a próxima», afirmou, em exclusivo para o Jornal do Fundinho, acrescentando críticas ao comportamento dos repórteres: «A operação policial foi visivelmente prejudicada pela obstinação dos jornalistas em não acatar uma ordem simples como é a de pôr um nariz de palhaço. Já falei com o Miguel Relvas e ele garantiu-me que, se for preciso, na próxima greve os repórteres até pintam a cara como se fossem o Batatinha».

Miguel Macedo quer proteger jornalistas [foto E. Calhau]

O ministro defendeu ainda que o cumprimento das indicações da PSP facilita a vida aos próprios jornalistas: «Veja-se o caso das luvas de palhaço: se eles as usarem, já não tiram fotografias dos polícias a baterem em pessoas sem razão aparente, nem escrevem artigos a dizer que nós somos uns malandros... Isso facilita-lhes a vida, nomeadamente porque não vão precisar de, no dia seguinte, ir logo de manhãzinha para a porta do IEFP para pedir o subsídio de desemprego». Já quando questionado sobre onde tinha estado no dia da Greve Geral, uma vez não participou em nenhuma iniciativa pública, o ministro foi muito mais conciso, ficando-se por um «andei a fazer umas coisas de índole pessoal, ali pelo Largo do Chiado».
Esta polémica surge após dois fotojornalistas, um da Lusa e outra da AFP, terem sido agredidos pela PSP durante a manifestação da Plataforma 15 de outubro, integrada nos protestos da Greve Geral. A situação originou forte contestação por parte dos seus colegas de profissão, que correram para as redes sociais para denunciar o ‘comportamento violento e ultrajante’ da polícia, assim que acabaram os seus textos em que descreviam a violência da polícia para com outros cidadãos como ‘confrontos entre as duas partes’.

Etiquetas:

Arnaldo Midões

0 comentário(s):

Comentar


    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes