<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

Homem recém-divorciado apareceu sozinho em jantar de casais amigos

20 junho, 2011

Vítima está com medo.

Alexandre Henriques, um ribatejano de 53 anos que se divorciou na passada semana, apareceu esta noite num jantar com um casal amigo, sem levar acompanhante. «Ficámos chocados», revelou, em exclusivo para o Jornal do Fundinho, Ana Veloso, explicando que «eu e o meu marido gostávamos muito do Alexandre e da mulher dele, mas em conjunto... esta atitude é um ignóbil ataque à instituição do casalamiguismo».
De acordo com Ana, nada permitia adivinhar este tipo de comportamento. «Ele sempre foi uma pessoa calma e pacífica. Nunca deu sinal algum de ser capaz deste tipo de ação tresloucada», afirma, questionando-se sobre «como é que alguém não percebe que a base do casalamiguismo é integrar um casal... é que a própria palavra o diz, que parte de casalamiguismo é que ele não entende?» A vítima já entregou, entretanto, uma queixa na Polícia Judiciária, mas garante que nem isso a faz sentir mais segura: «Eu sei lá se não me cruzo com ele num sítio qualquer e ele insiste em meter conversa comigo... vivo absolutamente aterrorizada».
O casalamiguismo é uma prática secular, segundo a qual, quando uma pessoa se casa com outra, passa a ser amiga de todos os amigos do seu cônjuge, em particular se eles também forem casados e tiverem, consequentemente, membros que também são obrigados a serem amigos de pessoas que nunca viram na vida. O modo mais frequente de convívio entre os casais amigos são os jantares, que podem reunir entre dois a cinco casais. O casalamiguismo evolui, muitas vezes, para o famíliaamiguismo, quando um ou mais casais têm filhos. No famíliaamiguismo, é-se amigo dos amigos dos companheiros, mas também dos seus filhos irritantes e ranhosos.

Etiquetas:

Arnaldo Midões

0 comentário(s):

Comentar


    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes