<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

Pequena Joana 'empurrada' entre família biológica e família adoptiva

27 julho, 2009

Caso Joana Amaral Dias provoca conflito entre PS e Bloco.

A família socialista e a família bloquista continuam a não se entender quanto à tutela da pequena Joana Amaral Dias. Nos últimos dias, o pai adoptivo, José Sócrates, e o pai biológico, Francisco Louçã, discutiram na praça pública o futuro da ex-deputada, mas nenhum dos dois quis assumir qualquer responsabilidade. Desta forma, continua por decidir a regulação do poder eleitoral de Joana.
Às acusações do líder do Bloco de Esquerda de que teria prometido «chupa-chupas e chocolates à Joana se ela quisesse ficar com a família do PS», o primeiro-ministro respondeu com alegações de abandono e maus-tratos: «O Louçã abandonou e desprezou a Joana e agora anda a ver se consegue livrar-se dela de vez, arranjando-lhe uma família adoptiva. Mas nós fomos apenas uma família de acolhimento, e o pai do coração até é o Mário Soares, não sou eu», afirmou Sócrates, em exclusivo para o Jornal do Fundinho.

Pequena Joana entre dois pais [foto E. Calhau]

Joana Amaral Dias encontra-se actualmente institucionalizada, numa estância de férias em Málaga, na Espanha, garantindo os empregados da piscina que se tem mantido «em profundo silêncio e muitíssimo triste», enquanto se desloca de festa para festa. Uma decisão quanto à sua família política poderá, no entanto, estar para breve, podendo até surgir um entendimento entre PS e Bloco de Esquerda. «Isto este ano com tantas eleições fica complicado, e a verdade é que precisamos de meter uma tipa qualquer de três em três lugares», confirma José Sócrates.
O caso Joana Amaral Dias foi despoletado por um alegado interesse dos socialistas em obterem a guarda dos seus votos, depois de os seus progenitores bloquistas supostamente não lhe terem perdoado uma temporada passada com a família adoptiva. A polémica levou a que ambas as famílias rejeitem actualmente assumir a paternidade política da pequena Joana, mas o episódio tem também vindo a colocar em questão parte do edifício da democracia portuguesa, nomeadamente as leis do interesse e do compadrio partidário. No entanto, e para não chatear muito, todos os partidos vão assobiar para o lado e fazer de conta que não se passa nada, até porque os votos continuarão a cair nas urnas.

Etiquetas: ,

Castro Castanheira

0 comentário(s):

Comentar


    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes