<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

Comunicado de Cavaco sobre BPN fazia parte do simulacro

23 novembro, 2008

Protecção Civil identificou fragilidades e já apresentou soluções.

O Presidente da República colaborou hoje no simulacro de sismo que decorreu nos últimos três dias, ao emitir um comunicado onde condena as tentativas de associar o seu nome à situação do BPN. «Este comunicado é tão atabalhoado e tão despropositado que é mais catastrófico do que um terramoto com uma magnitude de 6,6», comentou o comandante operacional nacional da Protecção Civil, Timóteo Furacão, em exclusivo para o Jornal do Fundinho.
No simulacro que decorreu nos distritos de Lisboa, Setúbal e Santarém, entre sexta-feria e domingo, registaram-se 281 'mortos', 895 'feridos' e 808 'desaparecidos' fictícios. Mais de meia centena de pessoas 'morreram' em consequência directa do comunicado de Cavaco Silva, com ataques de riso provocados pela ausência de qualquer referência a Dias Loureiro. Recorde-se que há cerca de quatro meses o Presidente havia já matado de tédio milhões de portugueses que assistiram à sua comunicação sobre o Estatuto Político-Administrativo dos Açores.
A Protecção Civil admitiu entretanto que os resultados apurados com este que foi o maior simulacro de sismo alguma vez realizado em Portugal apontam para várias fragilidades que importa corrigir no futuro. Segundo Timóteo Furacão, «a mais importante será a de nunca mais eleger o Cavaco e a sua corte de amigalhaços vigaristas para nenhum cargo público, por isso espero que a população portuguesa não se esqueça tão cedo deste terramoto...»

Etiquetas:

Arnaldo Midões

0 comentário(s):

Comentar


    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes