<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

Jornalista inglês libertado, preocupações viram-se para profissionais portugueses

04 julho, 2007

Correspondente da BBC que havia sido raptado por milícias palestinianas foi entregue pelos sequestradores. RSF preocupada agora com jornalistas portugueses.

O jornalista inglês Alan Johnston, mantido em cativeiro há quatro meses pelo grupo palestiniano Exército do Islão, foi hoje libertado e entregue a dirigentes do Hamas, movimento islâmico que vinha de há duas semanas a esta parte a negociar com os raptores.
Após este desenvolvimento, a única organização terrorista que mantém profissionais da comunicação debaixo do seu jugo passou a ser o Governo português, dada a recente aprovação, na Assembleia da República, do novo Estatuto dos Jornalistas.
Aliás, a associação internacional Repórteres sem Fronteiras (RSF) apelou já à imediata libertação dos milhares de jornalistas portugueses limitados na sua liberdade.
O ministro dos Assuntos Parlamentares, Augusto Santos Silva, rebateu as críticas, em exclusivo para o Jornal do Fundinho: «Todos os jornalistas nacionais são absolutamente livres! Nomeadamente, livres de escreverem que o Governo português é óptimo e que o primeiro-ministro é engenheiro. Se quiserem também escrever que o Marques Mendes é um rodas-baixas idiota, também tenho a certeza que não vão ter problemas! Não vejo onde está a falta de liberdade!»

Etiquetas:

Pinto da Cruz

3 comentário(s):

Sim, pode-se escrever sobre o Governo, desde que sejam apenas coisas boas.

Afinal, já os Gato Fedorento tinham mostrado como se desenrolam as aulas de obediência dos jornalistas portugueses! :)

Se nós, os jornalistas, nos portarmos bem, ainda recebemos um biscoito e uma festinha no final da lição!
Não é que eu não concorde com a minha antecessora, muito pelo contrário e vice versa. É preciso não esquecer e sempre bom lembrar que o respeitinho é muito bom, e uma noticia positiva ajuda a recuparar a auto estima que ultimamente tem estado pela rua da amargura.
Além disso, é importante saber quais os locais indicados para criticar, denunciar e alertar para as injustiças e problemas, e os meios de comunicação social não são certamente, já o quarto escuro talvez.

Pessoa isenta, idonea próxima do Governo
por Anonymous Anónimo, 17 julho, 2007


 
Sr anónimo:

"Não é que eu não concorde com a minha antecessora, muito pelo contrário e vice versa."

"Nao é que eu não concorde" - dupla negativa = uma afirmação, logo, concorda comigo.

"muito pelo contrário" - afinal, não concorda comigo. Em que ficamos?

"vice-versa" - ???? Não se compreende.

Quando aprender a escrever correctamente português poderei compreender em toda a sua profundidade as ideias e opiniões que pretende exprimir.

Comentar


    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes