<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

BES: banco mau vai comer a avozinha que já paga o colégio da Capuchinho e manda uma cesta com comida para a mãe todas as semanas

03 agosto, 2014

Moral da história: São sempre os mesmo a serem comidos.

Carlos Costa anunciou hoje que o BES vai ser dividido em dois bancos, ficando um deles com todos os ativos tóxicos, numa estratégia habitualmente designada por bad bank, ou banco mau, sendo a outra parte recapitalizada recorrendo em parte a dinheiro do Estado e renomeada Novo Banco. «O banco mau vai comer a avozinha e depois vai deitar-se na cama dela a gozar um merecido descanso», sintetizou o governador do Banco de Portugal, em rigoroso exclusivo para o Jornal do Fundinho.

Banco mau prepara-se para encher a barriga [foto E. Calhau]

Com esta operação, será a família da avozinha a ficar em maus lençóis, pois, como em muitas outras famílias de classe média, desde o início da crise que eram as poupanças da idosa a suportar grande parte das despesas. «A Capuchinho Vermelho já só estuda porque a avó lhe pagava a mensalidade do colégio, e a cesta que ela agora leva de uma casa para a outra é a avó que a manda para a mãe com a comida para a semana inteira», confirmou Costa, concluindo: «Para que é que o banco mau tem um capital tão grande? É para te comer melhor, contribuinte».
A solução hoje anunciada prevê que o Estado recupere os mais de quatro milhões de euros injetados quando o Novo Banco for vendido. Nessa altura, um lenhador contratado pela Caixa, Santander, BCP e BCI abrirá a barriga do lobo mau e retirará as notas. No entanto, como a avozinha já estará morta e a Capuchinho e a mãe muito fraquinhas, vai doá-las aos restantes banqueiros.

Etiquetas:

Eufémia Saraiva

0 comentário(s):

Comentar


    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes