<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

Ponto alto do regresso dos Monty Python é sketch em que imitam Seguro a interromper entrevista de Costa

02 julho, 2014

PS entre Seguro, Costa e a rapariga com as maiores mamas.

Os Monty Python tinham prometido um último regresso aos palcos para interpretar os seus mais famosos sketches e alguns outros nunca antes encenados, o que de si já seria notícia. Mas a primeira de dez noites do histórico grupo britânico na O2 Arena de Londres foi mais surpreendente do que uma aparição da Inquisição Espanhola, com John Cleese e Michael Palin a assumirem os papéis de António José Seguro e António Costa numa interpretação do famoso sketch em que o primeiro interrompeu uma entrevista do segundo à TVI durante um congresso do PS.

Palin e Cleese como Costa e Seguro [foto E. Calhau]

«Divertimo-nos muito a fazer este número, porque toda a gente conhece o nosso amor pelo nonsense», confessou Cleese, em exclusivo para o Jornal do Fundinho, revelando ainda que «só não foi perfeito porque, para isso, devia ter sido o Graham Chapman a fazer de Seguro... por estar morto, you see». A jornalista Constança Cunha e Sá, que participou no sketch original, fez de si própria nesta nova versão dos Monty Python e não cabia em si de contente no final do espetáculo, embora seja difícil afirmar com certeza se isso se devia a ter participado num momento histórico ou ao facto de estar a apenas cinco horas de carro do país do whisky.
O sucesso do inesperado sketch foi tal que, durante a sua interpretação, se gerou na O2 Arena uma enorme vaga de fundo para levar António Costa à liderança do PS. A sala só não ficou vazia nesse momento porque, perante a debandada de ingleses determinados a inscreverem-se nas diretas socialistas, Terry Jones gritou: «Ouçam bem: o Costa não é o Messias, é um menino muito maroto».

Etiquetas:

Lucília Gralha

0 comentário(s):

Comentar


    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes