<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

Governo modifica DEO: atualização das pensões dependerá de o Benfica ganhar ou não a Liga Europa

02 maio, 2014

DEO! DEO! DEO, DEO, DEO! Glorioso DEO!

Depois de, numa primeira versão, o Documento de Estratégia Orçamental (DEO) prever a aplicação às pensões de um fator de atualização que dependeria da situação financeira do País e da evolução demográfica e económica, o Governo resolveu substituir aqueles critérios por um único alternativo. «Se o Benfica perder a Liga Europa, teremos de aumentar as reformas, para termos alguma hipótese de ganhar as eleições. Se o Benfica vencer, vai haver um corte de 50%, porque a maior parte dos portugueses vão andar completamente anestesiados e essa é a melhor forma de aplicar uma política tão analmente invasiva», revelou Pedro Passos Coelho, em rigoroso exclusivo para o Jornal do Fundinho

Passos com o novo ministro da Economia [foto E. Calhau]

Ainda de acordo com o primeiro-ministro, outras alterações ao DEO serão aprovadas no próximo Conselho de Ministros. «Se o Benfica também conquistar a Taça de Portugal ou a Taça da Liga, o IVA aumenta para 45% e a TSU para os 30%. Se conquistar as duas, vamos criar um novo imposto de 75% sobre todos os salários, o IMA (Imposto Mãos ao Ar), que basicamente é mesmo uma roubalheira do caraças», explicou Passos, concluindo: «Como vai estar tudo bêbedo e a dar voltas e voltas ao Marquês, já nem vamos precisar de disfarçar».
Com a versão inicial do DEO a ter sido fortemente criticada pelos partidos da oposição, o primeiro-ministro acredita ter encontrado uma solução passível de elogio por todos. «Além das alterações referidas, vamos dar um renovado entusiasmo à economia portuguesa, com a nomeação de um novo ministro para essa pasta: Paulo Parreira, o adepto possuído do Benfica», anunciou Pedro Passos Coelho.

Etiquetas:

Eufémia Saraiva

0 comentário(s):

Comentar


    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes