<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

Jorge Jesus pensa que Luisão é o número três porque só aprendeu a contar até dois

14 março, 2014

Treinador do Benfica está ter aulas particulares.

A pouco convincente explicação de Jorge Jesus para ter mostrado três dedos ao treinador do Tottenham depois do terceiro golo da sua equipa no jogo de ontem – a de que estaria a indicar o número da camisola de Luisão, que, porém, alinha com o número quatro – pode, afinal, ter razão de ser. Foi um Jorge Jesus em lágrimas, aliás, que explicou tudo em rigoroso exclusivo ao Jornal do Fundinho: «Eu só sei os números até ao dois... Vocês não imaginam o que o Raúl José passa para evitar que eu escolha equipas só com sete ou oito jogadores ou com jogadores a mais».

Jesus já anda a aprender [foto E. Calhau]

Adiantando que, apesar dos obstáculos, não se sente menorizado pelas suas dificuldades de aprendizagem, Jesus afirmou mesmo acreditar que pode ser um exemplo. «Apesar de só saber contar até dois, treino um dos maiores clubes europeus, o que espero possa inspirar outras pessoas com problemas em processar a informação no cérebro», referiu, adiantando que «há muitos casos semelhantes, como o Vítor Gaspar, que não sabe somar e foi ministro das Finanças, ou a Margarida Rebelo Pinto, que não sabe escrever e já publicou 20 livros».
Jorge Jesus revelou ainda que o Benfica contratou um professor para o acompanhar individualmente e manifestou-se entusiasmado com os progressos que está a fazer. «Ficou famosa a minha frase ‘Vocês os três, façam aí um quadrado’, mas esse é um erro que não voltarei a repetir: já sei que um quadrado tem quatro lados e por isso agora chamo sempre o Cardozo, o Gaitán, o Garay, o Rodrigo, o Maxi e o Lima».

Etiquetas:

Manuel Feijão

0 comentário(s):

Comentar


    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes