<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

Portugueses indignados com venda de quadros de Miró exigem saber quem raios é Miró

07 fevereiro, 2014

Alerta: este artigo não contém nenhuma piada ao tamanho da testa de Gabriela Canavilhas.

A polémica em torno do leilão das 85 obras de Joan Miró herdadas pelo Estado aquando da nacionalização BPN parece estar para durar e tem originado diversas manifestações de revolta e irritação entre os portugueses. «Isto é uma vergonha! Os nossos políticos são uma cambada de incultos! Como é possível quererem vender os quadros do Miró, pá? Ignorantes, pá! Broncos! Já agora, quem é o Miró?», foi a reação, em exclusivo para o Jornal do Fundinho, de Alfredo Esteves, promotor da petição online ‘Contra a venda de Miró, pelo menos abaixo da cláusula de rescisão’.

Alguns portugueses já sabem que Miró foi um pintor [foto E. Calhau]

A Internet tem sido, aliás, uma das plataformas mais utilizadas na mobilização contra a venda das obras do pintor catalão: nos sites de petições e nas redes sociais não têm faltado apelos à sua permanência em Portugal. Antunes entende que não são demais: «Estamos a falar de algo muito importante: pelo que já fui ver na Wikipedia, o Miró foi um grande pintor. Ora, eu sou construtor civil e sei bem como é difícil encontrar um pintor decente nos dias de hoje!»
Entretanto, a coleção em causa permanece em Londres, à guarda da leiloeira Christie’s. Trata-se do maior investimento português deixado ao abandono em Inglaterra desde que o Queens Park Rangers contratou Bosingwa.

Etiquetas:

Lucília Gralha

0 comentário(s):

Comentar


    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes