<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

Depois dos chineses terem contratado Marco do “Big Brother” para dar pontapés, somalis contrataram Sónia do “Big Brother” para levar pontapés

25 janeiro, 2013

Somália é o pior país para as mulheres exceto para as que já estão em coma.

Marco Borges ficou conhecido pela sua participação na primeira edição do «Big Brother», particularmente pelo pontapé que deu à participante Sónia Veiga, mas agora é como formador de segurança pessoal que faz a sua vida, tendo vindo a ser noticiada a sua contratação por uma academia chinesa. O que ainda não se sabia é que também Sónia tirou proveito da sua participação no programa da TVI, tendo assinado um contrato com uma academia somali para ser pontapeada e agredida de diversas formas pelos homens inscritos no curso de ‘Direitos da Mulher: Desmontando o Mito à Porrada’.
«Dei uma primeira formação e preparo-me já para dar a segunda, que vou começar assim que tire o gesso deste braço e os hematomas se notem um bocadinho menos», afirmou Sónia, em rigoroso exclusivo para o Jornal do Fundinho. A ex-concorrente do primeiro reality-show português revelou ainda que também ela tem aprendido muito com esta nova experiência, sobretudo ao nível das diferenças entre culturas: «Em Portugal, tive de mandar o Marco para a puta que o pariu para levar um pontapé nos dentes. Aqui na Somália, basta aparecer».

Somalis dizem que Sónia é igual dentro e fora da casa [foto E. Calhau]

Tal como no caso de Marco, também os vídeos dos exercícios protagonizados por Sónia têm feito sucesso no mundo inteiro. Mostram algumas dezenas de recrutas a pontapear a formadora, ao mesmo tempo que repetem «Eu parto-te toda», com um colorido sotaque africano. «Também disponibilizei outros vídeos que têm feito menos sucesso, como um em que estou a comer, para provar que eu tinha razão quando dizia que fazer sexo era como comer um iogurte: estou tão fod*** que a única comida que consigo ingerir são mesmo iogurtes», contou Sónia.
A Somália ocupa o primeiro lugar no ranking dos países onde é mais difícil ser mulher, de acordo com um relatório da organização não governamental Save The Children, divulgado no ano passado, que conclui também que a Noruega é o melhor país para se nascer mulher. Um outro relatório, da Associação Amigos de Paco Bandeira, revelou entretanto que a Somália é o melhor país para ser homem e a Noruega o pior.

Etiquetas:

Lucília Gralha

0 comentário(s):

Comentar


    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes