<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

Gaspar andou nos ‘bolinhos e bolinhós’ para levar já os impostos do próximo ano

01 novembro, 2012

Ministro também já tem planos para o Natal.

Depois de ver aprovado pela Assembleia da República o Orçamento do Estado para 2013 por si preparado, Vítor Gaspar foi para a rua cantar os ‘bolinhos e bolinhós’, tentando antecipar a receita de impostos prevista para o próximo ano. «Ele apareceu-me aí mascarado de Drácula, mas eu nem reparei que aquilo era uma máscara», contou a pensionista Maria das Dores, em exclusivo para o Jornal do Fundinho, descrevendo: «Entrou a cantar ‘Bolinhos e bolinhos / Impostos pagos por vós / Vão parar ao BES, BCP e BPI / Senão a Merkel vem aí’... Fiquei tão assustada que lhe adiantei logo os subsídios do ano que vem».

Gaspar nos 'bolinhos e bolinhós' [foto E. Calhau]

Outros relatos de contribuintes convergem no tipo de abordagem e na lenga-lenga cantada, mas apontam outros pormenores, como as cantorias do ministro das Finanças quando conseguia recolher os impostos (‘Esta casa cheira a ovo / Aqui mora o melhor povo / Faço tudo pelo FMI / O que é que tens mais aí?’) e quando não conseguia (‘Esta casa está a tresandar / Não penses que vais escapar / Vou falar devagarinho / Até me dares o teu dinheirinho’).
Estima-se que a incursão noturna de Vítor Gaspar tenha permitido antecipar um terço da receita fiscal prevista pelo Orçamento do Estado para o próximo ano, mas o ministro poderá não se ficar por aqui. Nas mais recentes reuniões com o Fundo Monetário Internacional, o Banco Central Europeu e a Comissão Europeia, Gaspar anunciou que, em dezembro, se vai mascarar de Pai Natal e entrar nas casas dos portugueses, não para lhes dar presentes, mas antes para os levar e vender no OLX.

Etiquetas: ,

Eufémia Saraiva

0 comentário(s):

Comentar


    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes