<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

Homem é tão contra as quintinhas que vendeu todas as suas propriedades no FarmVille

11 maio, 2011

Pensamento inovador é a solução, defende.

Inocêncio Fernandes, engenheiro informático e conceituado especialista em inovação de mesa de café, vendeu todas as suas propriedades e créditos no jogo social FarmVille. «Digo sempre que a única forma de Portugal avançar é se não nos deixarmos ficar nas nossas quintinhas», justificou esta tarde o próprio, em absoluto exclusivo para o Jornal do Fundinho.
Questionado sobre se não seria parvoíce utilizar um passatempo virtual para fazer valer um profundo pensamento ideológico baseado na ideia de comunidade e trabalho em conjunto, Fernandes manifestou discordância. «É precisamente por causa de pessoas como vocês que não vamos a lado nenhum! Saiam desse pensamento de fação! Hoje os tomates e as maçãs do Facebook, amanhã a solução para a crise e para a fome no mundo!», contrapôs, desvalorizando também o facto de as quintinhas que refere serem, na verdade, metáforas: «Não interessa se são metáforas ou não. Lá está outro exemplo daquilo que eu não me canso de dizer: os recursos estilísticos também nunca saem das suas quintinhas! Assim não dá!»
Mas a venda das quintas do FarmVille não será a única das ações que Inocêncio Fernandes realizará em prol do seu «crescimento pessoal e do progresso de Portugal e do mundo». Já na próxima semana, ele irá colocar-se «ao lado de uma caixa de papelão e refletir sobre este estado de coisas, porque as boas soluções só se encontram se pensarmos fora da caixa» e atirar um tecido de malha ao ar, uma vez que «neste tempo nada se faz se não estivermos preparados para lançar redes».

Etiquetas:

Eufémia Saraiva

0 comentário(s):

Comentar


    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes