<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

Telefónica junta saco de caramelos de Badajoz à proposta sobre a Vivo

02 julho, 2010

Socrates admite abdicar da golden share, mas quer mais.

A Telefónica anunciou hoje que vai apresentar uma nova proposta sobre a participação da PT na Vivo, uma vez que esta é a única forma jurídica de contornar o veto do Estado à operação. Assim, além dos mais de sete mil milhões de Euros já anunciados, a operadora espanhola sobe agora a oferta juntando-lhes um saquinho com caramelos comprados em Badajoz.
José Sócrates, no entanto, revelou já que tal não será suficiente para convencer o Governo a abdicar da golden share. «Não esperem que deixemos de defender os interesses do País. Os espanhóis que não pensem que vamos vender a Vivo ao desbarato! Eles vão ter de oferecer pelo menos umas caixinhas de torrão de Alicante», garantiu o primeiro-ministro, em exclusivo para o Jornal do Fundinho. Como a transação poderá ainda ser concluída até 16 de julho, Sócrates admite, porém, rever a sua posição: «Tudo é possível. Comigo não há negócios impossíveis, podem perguntar ao Charles Smith».
A nova proposta da Telefónica poderá, porém, nem chegar à Assembleia Geral da PT, uma vez que a administração da empresa portuguesa estará em condições de decidir sobre a mesma, impedido dessa forma o uso pelo Estado da golden share. Sócrates admite essa hipótese mas acredita que tal não acontecerá: «Estou em crer que os nossos amigos espanhóis quererão que tudo se resolva de forma positiva. Aproveito, até, para lhes deixar uma mensagem: Nó vai haver probliemas entre niós, purque sumos irmanos e irmanos num si chatéam por causia di dinhiero». O líder do Executivo fez mesmo questão de sustentar a sua opinião lembrando relações pessoais de amizade que mantém com espanhóis famosos, como José Luis Zapatero e Luís Figo.
O primeiro-ministro aproveitou ainda para reforçar que a única coisa que move o Governo contra este negócio é a «defesa intransigente do futuro do meu querido Portugal». José Sócrates pediu depois desculpa por ter de terminar a conversa, mas ainda tinha de passar por uma agência do Santander para levantar um novo cartão de crédito, uma vez que tinha perdido o antigo quando andava às compras e não tinha a certeza se o tinha deixado na loja da Zara, na secção de perfumaria do El Corte Inglés ou numa bomba da Repsol.

Etiquetas:

Eufémia Saraiva

0 comentário(s):

Comentar


    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes