<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

Mega Ferreira continua à frente do CCB, país continua a borrifar-se para isso

23 janeiro, 2009

Ministro da Cultura quer que CCB mantenha direcção, apesar de ela indicar que vai parar ao meio do rio.

António Mega Ferreira foi hoje reconduzido no cargo de presidente da Fundação do Centro Cultural de Belém (CCB), mas a esmagadora maioria dos portugueses nunca foi ao CCB, não pretende ir e acha que essa coisa da arte é para quem nunca fez nada.
No entanto, o ministro da Cultura não deixa de considerar «muito positivo irmos continuar a gastar rios de dinheiro para entreter os intelectuais de Lisboa», como afirmou em exclusivo para o Jornal do Fundinho. José Pinto Ribeiro defendeu ainda a gestão realizada até agora por Mega Ferreira: «Há menos gente a vir ao CCB, mas pelo menos deixaram de aparecer as famílias de fato de treino e com miúdos gorduchos com as faces rosadas, como acontecia quando se realizava a Festa da Música».
O ministro aproveitou também a oportunidade para esclarecer que não existe qualquer relação entre a recondução de Mega Ferreira e o facto de Joe Berardo, reconhecidamente crítico do administrador do CCB e dono de parte do edifício, estar muito menos rico por causa da crise. «Já agora, ele continua sem cacau, certo? Ah, pronto, então não há relação nenhuma», acrescentou Pinto Ribeiro.

Etiquetas:

Lucília Gralha

0 comentário(s):

Comentar


    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes