<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6779334299592895871\x26blogName\x3dJornal+do+Fundinho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://jornaldofundinho.blogspot.com/\x26vt\x3d7297088095981209215', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>







   





   

SIC suspende "Chamar a Música" depois de Tony Carreira ganhar cinco edições

20 agosto, 2008

Programa era grande sucesso do canal mas existia o risco de levar à sua ruptura financeira.

O cantor Tony Carreira provocou o cancelamento do programa da SIC "Chamar a Música", um fim abrupto que o director de programas Nuno Santos justificou com o risco de bancarrota que a estação corria após cinco triunfos consecutivos, arrecadando sempre o montante máximo, do popular artista.
Carreira surpreendeu tudo e todos com os seus conhecimentos musicais, demonstrando saber na perfeição as letras de canções como "Zingarella" de Enrico Macias («Essa é fácil: eu até a plagiei com o título "Ai Destino, Ai Destino"»), "Después de Ti Qué?" de Rudy Perez («Essa praticamente só tive mesmo de traduzir, para "Depois de Ti Mais Nada»), "Toi Qui Manques a ma Vie" de Natasha Saint-Pierre («Essa demorei uns bons dois minutos para a copiar e chamei-lhe "Esta Falta de Ti") ou "Écris Moi" de Pierre Bachelet («Aí armei-me em tradutor tuga de títulos de filmes e dei-lhe o nome "A Estrada e Eu"... Mas foi copiadinha como as outras!»).
Herman José, apresentador de "Chamar a Música, já comentou, em exclusivo para o Jornal do Fundinho, a decisão de Nuno Santos, dizendo compreendê-la: «É natural que ele tenha decidido acabar com o programa, o Tony ia ganhar todas as emissões que fizéssemos. Era o mesmo que haver um concurso para dizer os diálogos dos sketches do Benny Hill - eu copiei tantos que era capaz de os completar todos!»

Etiquetas:

Lucília Gralha

7 comentário(s):

adorei o José Esteves e a Maximiana do Benny Hill... mas sem duvida, o seu maior sucesso foi o Diácono Remédios do Benny Enciclopédia !
por Anonymous Anónimo, 21 agosto, 2008


 
Apreciei a ironia, caro anónimo (Herman, és tu?)...

Porém, não negue à partida uma ciência que desconhece... Descubra as diferenças:

http://www.youtube.com/watch?v=BlcFxCywrSA

José Carrapiço, anyone?

O Tony até a plagiar copia plágios mais antigos de outros artistas.
Ricardo Araujo Pereira ! És tu ? http://www.youtube.com/watch?v=k4jmK1JWAhg
por Anonymous Anónimo, 21 agosto, 2008


 
Onde está a entrevista do Herman, antes do programa, a dizer a toda a gente que tinha um sktech baseado no Benny Hill?

E não, não sou o Ricardo Araújo Pereira. Mas não me importava de ser. Nem de ser o Herman. Mas falta-me muito para chegar a qualquer um dos dois. (E também não sou o Zé Diogo, já agora)
Ah... desde que se dê uma entrevista a confessar o plágio está-se perdoado ? tipo técnica judaico-cristã ? vou avisar o Tony Carreira... avisa tu os Gato - falta-lhes dar 387982737 entrevistas sobre a obra dos Monty Python (o João Quadros que te explique)... eu aviso o "Marco Rouxinol Horácio Faduncho" não vá ele não ter visto o "Felisberto Desgraçado"... o Nuno Eiró em principio está perdoado - é que ele não plagia, ele REENCARNOU no Nelo ! quanto a essa do Carrapiço é um bocado forçada... não arranjas um exemplo melhor ? eu quero dar-re razão, mas assim é meio difícil !
por Anonymous Anónimo, 22 agosto, 2008


 
Plágio: cópia fraudulenta do trabalho de outrem que um autor apresenta como sua. (e não precisas de me acusar de tentar ser intelectual nem nada do género: plagiei o dicionário online da Priberam)

Plágio é, portanto, diferente de fazer algo inspirado pelo trabalho de outrem. Dizer que os Gato copiaram os Python é ridículo. Pelo menos sem dizeres o mesmo do Herman ou de todo o humor de qualidade do séc. XX pós-MP.

Quanto ao Marco Horácio, o Rouxinol Coiso é apenas ridículo e infeliz, é ofensivo para o Herman compará-lo a uma personagem dele.

E tenho dito. Tenho de ir procurar autores cómicos obscuros para copiar, daqueles que nem tu, com a tua extraordinário capacidade para determinar o que é um plágio, descubras!
era aí mesmo que eu queria chegar: o Herman nunca plagiou o Benny Hill... ter-se-á inspirado... tanto quanto os Gato nos Monty... obrigado pela ajuda ! afinal, entendemo-nos !
por Anonymous Anónimo, 22 agosto, 2008


 

Comentar


    Arquivo 2007: fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2008: janeiro | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2009: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2010: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2011: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2012: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2013: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2014: janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho | julho | agosto | setembro | outubro | novembro | dezembro
    Arquivo 2015: janeiro | fevereiro | março | abril


    2007-2013, Jornal do Fundinho. CC: Atribuição / Uso Não-Comercial / Vedada a Criação de Obras Derivadas.
    Diretor: Afonso Barata   Editor de Nacional: Castro Castanheira   Editor de Mundo: Pinto da Cruz   Editor de Economia: Eufémia Saraiva   Editor de Sociedade: Arnaldo Midões
    Editor de Artes+Media: Lucília Gralha   Editor de Desporto: Manuel Feijão   Editor de Fotografia: Eugénio Calhau   Cartoonista: Duarte Bexiga
    Canal do Fundinho: José Libório   Rádio do Fundinho: Odete Antunes